Cadeiras ergonomicas são as cadeiras que procuram a melhor postura para o homem. As cadeiras são um importante instrumento de trabalho, para as profissões que dependem de tarefas realizadas sentadas.

Há muitas atividades profissionais que requerem que o trabalhador passe muitas horas sentado numa mesma posição e fazendo movimentos repetitivos. Por este motivo foi desenvolvida a ergonomia.

O que é a ergonomia?

A ergonomia é a ciência que estuda a postura entre o homem e o trabalho. A ergonomia procura melhorar a postura do homem relativamente ao equipamento e às máquinas que são o instrumento de trabalho. A ergonomia estuda a postura do corpo humano e os princípios básicos para que o desempenho das tarefas profissionais não provoque lesões corporais que possam vir a ter consequências na saúde dos profissionais. Há muitas lesões que não são perceptíveis no momento e só se manifestam a longo prazo, causando doenças profissionais graves. Por este motivo, a ergonomia tem sido uma disciplina cada vez mais estudada e aprofundada no meio laboral.

Cadeiras ergonómicas e ergonomia em ambiente de trabalho

Ergonomia em ambiente de escritório

O trabalho de escritório é um trabalho cuja realização das tarefas é feita sempre sentado. O equipamento mais importante desta profissão é a cadeira de escritório. A escolha da cadeira para escritório é uma tarefa muito importante e não deve ser minorizada.
A má postura do homem enquanto sentado na cadeira pode dar origem a grandes e graves lesões, muitas vezes irreversíveis.

Como melhorar a postura corporal no local de trabalho

Em todas as profissões, a ergonomia procura identificar as tarefas realizadas pelos profissionais e identificar os pontos de esforço de de movimentos que são repetidos no correto desempenho do trabalho. A análise pormenorizada do trabalho deve ser feita através do conhecimento aprofundado do corpo humano e do trabalho realizado por cada músculo do corpo humano.

Nesta análise, deve ser estudada a relação desses movimentos com o equipamento necessário à realização das tarefas profissionais. Depois deste estudo, deve ser estudado o equipamento que é necessário para a realização das tarefas e a interação desse equipamento com o corpo humano. A preocupação com o equipamento é muitas vezes, mais direcionada para a realização das tarefas do que para a correta postura do corpo humano. E isto é um erro muito grave. Escolher o correto equipamento é determinante para garantir a saúde do profissional.

Garantir a saúde do profissional através da escolha de um bom equipamento, adaptado à correta postura do corpo humano vai garantir a eficácia da tarefa realizada e, em última análise, garantir a rentabilidade do trabalho.

Equipamento de escritório

No trabalho de escritório, o equipamento que deve requerer mais atenção é a cadeira. A cadeira de escritório é o equipamento onde o trabalhador passa mais tempo e onde realiza a maior parte das tarefas. Por este motivo, é a cadeira que garante a correta postura corporal do trabalhador. A escolha das cadeiras deve ser feita com o conhecimento da ergonomia.

A cadeira reclinavel é frequentemente a escolhida para o ambiente de escritório. A reclinação da cadeira permite ao trabalhador alternar postura necessária quando o trabalho requer muitas e longas horas na mesma posição de trabalho. Permite ainda relaxar a coluna e promove a circulação sanguínea, necessária depois de se passar muito tempo numa mesma posição.

Por outro lado, as cadeiras estofadas são indicadas para dar um apoio lombar nos principais pontos de esforço da coluna e cervical. As cadeiras estofadas dão um melhor conforto e sensação de relaxamento, mas são reforçadas no corretos pontos que garantem a correta postura corporal.

Escolher uma cadeira ergonómica não é tarefa fácil, mas é muito importante. Contrariamente, ao que se possa imaginar, uma cadeira ergonómica não tem, necessariamente, que ser uma cadeira dispendiosa. Podemos conseguir garantir uma correta postura corporal com cadeiras baratas, desde que se conheça bem a tarefa e os movimento necessários à realização da tarefa em questão, bem como conhecer o pontos de incidência do corpo humano.

Leia também: Ergonomia no trabalho: porque é que é tão importante?